Quem Inventou os Barcos?

schedule
ESCRITO
30 Oct 2023

Um navio se distingue de um barco por seu tamanho maior, forma, capacidade de carga ou passageiros, ou sua capacidade de transportar barcos. Um barco é uma embarcação que vem em uma ampla variedade de tipos e tamanhos, mas geralmente é menor do que um navio. Barcos podem ser transportados por navios. Vias navegáveis interiores, como rios, lagos e áreas costeiras protegidas, são locais típicos para o uso de barcos menores. No entanto, existem outros barcos, como o barco baleeiro, que foram projetados especificamente para uso em condições de navegação oceânica. Um barco é uma embarcação considerada de uso naval moderno quando é pequena o suficiente para ser transportada a bordo de um navio.

As proporções dos barcos e os métodos usados para criá-los mudam de acordo com o uso pretendido, os recursos disponíveis ou as tradições da região. Canoas têm sido usadas desde tempos pré-históricos e continuam sendo utilizadas para diversos fins, incluindo transporte, pesca e atividades recreativas em todo o mundo. Barcos de pesca vêm em uma ampla variedade de projetos, o que se deve em parte à necessidade de se adaptar a diferentes condições locais. Lanchas, barcos de pontão e veleiros são alguns tipos de embarcações de recreio que podem ser usadas para a navegação de lazer. Barcaças são embarcações que transferem carga de navios maiores que não podem se aproximar da praia. Botes salva-vidas servem tanto ao propósito de resgate quanto ao de segurança.

História dos Barcos

Embora seja possível que o Homo erectus tenha usado embarcações há mais de um milhão de anos para atravessar estreitos entre massas de terra, os barcos têm atuado como meio de transporte por um período significativo de tempo, remontando à era pré-histórica. Há evidências de que os barcos foram usados desde tempos pré-históricos, como o povoamento inicial da Austrália há mais de 40.000 anos, descobertas em Creta datadas de 130.000 anos atrás e descobertas em Flores datadas de 900.000 anos atrás. Essas evidências sugerem que os barcos foram usados. Acredita-se que os primeiros barcos eram canoas e os barcos mais antigos descobertos por escavações arqueológicas remontam a algum momento entre 7.000 e 10.000 anos atrás. A canoa de Pesse, descoberta na Holanda, detém o recorde do barco mais antigo já recuperado no mundo. É uma canoa escavada de um tronco oco de Pinus sylvestris e foi construída entre 8200 e 7600 a.C. Para facilitar o comércio entre as civilizações da Mesopotâmia e do Vale do Indo, os barcos eram um meio essencial de transporte.

Em vários locais arqueológicos ao redor do Vale do Indo, foram encontrados restos de barcos de diversos tipos. A arte da construção de Urus foi praticada pela primeira vez na aldeia de Beypore, localizada no sul de Calicut, Kerala, na região sudoeste da Índia. A madeira de teca era o único tipo de madeira usada para construir esses enormes navios de madeira que podiam transportar quatrocentas toneladas de carga.

Quem Inventou Barcos e Navios?

John Fitch, um americano, é creditado por ter sido o primeiro a inventar um barco a vapor, apesar de os barcos existirem há milênios. Além disso, existem algumas outras inovações significativas que valem a pena mencionar! John Harrison, de Londres, é creditado com a invenção do primeiro Cronômetro Marinho. Um engenheiro escocês chamado Robert Wilson e um fazendeiro inglês chamado Francis Pettit Smith são creditados com a invenção da hélice. Esta é mais uma significativa evolução tecnológica. Cada um desses homens deixou sua marca no desenvolvimento das embarcações, mas muitos outros contribuíram ainda mais para o campo nos anos seguintes. No final do século XVIII, a construção naval começou, mas levou consideravelmente mais tempo para desenvolver barcos a motor e grandes embarcações semelhantes às usadas hoje. No entanto, esses diferentes tipos de barcos desempenharam um papel importante para nos levar ao ponto em que estamos agora, e sem dúvida alteraram nossa percepção do mundo.

Para que eram usados os Barcos no Passado?

A função principal dos barcos para os primeiros seres humanos era navegar em vias navegáveis, como rios e lagos, para se envolver em comércio e interação social. Por causa disso, era inevitável que eles fossem usados na guerra e na exploração. Algumas das culturas mais antigas conhecidas, como os polinésios e os fenícios, os utilizaram como meio de colonização. Tudo isso indica que os barcos originais tinham uma função notavelmente semelhante às funções desempenhadas pelos barcos hoje. Eles foram criados para mover tanto pessoas quanto produtos de um local para outro. No entanto, esses barcos eram muito menores do que os que temos hoje, o que significava que eles não podiam percorrer distâncias tão longas nem transportar tanta carga ou passageiros como os barcos de hoje.

O que Veio Primeiro, Barco ou Roda?

De acordo com o que foi dito anteriormente, os primeiros indícios de um barco apareceram entre 8.000 e 10.000 anos atrás, enquanto o primeiro barco construído apareceu entre 5.000 e 6.000 anos atrás. As primeiras evidências da roda remontam a um período aproximadamente equivalente a 5.000 anos atrás. Com base nessas informações, o barco é mais antigo do que a roda. A roda, no entanto, é inegavelmente uma inovação antiga que trouxe avanços significativos em várias facetas de nosso ambiente e de como o percebemos. A navegação foi outra atividade que se beneficiou da invenção da roda; portanto, as duas atividades estão interligadas. Por outro lado, os barcos existem desde o início da humanidade ou de qualquer forma de civilização, porque eram necessários para viajar de um local para outro.

Qual é o Barco Mais Antigo do Mundo?

A canoa foi descoberta na Holanda entre 8.000 e 10.000 anos atrás e recebeu o apelido; a canoa de Pesse é o barco mais antigo já descoberto. O navio United States Ship Constitution, também conhecido como Old Ironsides, é o navio que detém o recorde de ser o navio comissionado mais antigo que ainda está em operação. Ele navegou pela primeira vez em 1798. Esses barcos históricos ainda estão em serviço hoje, porque foram construídos para ser duráveis e porque foram construídos para resistir às duras condições que podem ser encontradas no oceano. O fato de que cada um desses navios existe há tanto tempo, apesar da passagem do tempo, demonstra que há muito envolvido na criação de um barco e garantir que ele esteja completamente seguro.

Quem Inventou o Veleiro e Quando?

Hoje em dia, é possível ver veleiros com frequência na água. A questão é: qual é a idade do design básico e de onde vêm os veleiros pela primeira vez? Os arqueólogos acreditam que os primeiros barcos à vela começaram cerca de 6.000 anos atrás, mas ninguém sabe quem os inventou ou exatamente quando eles foram usados pela primeira vez. Após o final do século XIX, o veleiro moderno começou a tomar forma e não percebeu seu potencial completo até depois da Segunda Guerra Mundial.

Este artigo discutirá a história do veleiro, começando com suas origens como uma jangada movida a vento simples e terminando com os veleiros sofisticados e elegantes que são comuns hoje em dia. Discutiremos os principais marcos na história da vela e o início de sistemas de mastros conhecidos, como o mastro Bermuda.

Origem das Embarcações de Trabalho

Embora os veleiros sejam um dos tipos mais antigos de embarcações ainda em uso hoje, eles não eram o tipo original de embarcação. Troncos ocos e feixes de juncos flutuantes são dois exemplos dos tipos de materiais que os seres humanos provavelmente usaram para construir barcos e jangadas mais primitivas há pelo menos 6.000 anos. Barcos de juncos remontam ao antigo Egito, quando os seres humanos construíram tanto canoas de juncos simples quanto barcos de madeira mais sofisticados. Inicialmente, os barcos eram movidos através dos rios por uma longa vara ou remos. Mas, eventualmente, as pessoas aprenderam que era possível aproveitar o vento para seus fins.

Primeiros Veleiros

O veleiro é outra das várias tecnologias que provavelmente teve início no antigo Egito. Por volta de 4.000 a.C., os egípcios montaram um sistema de armação simples e penduraram um pedaço de tecido no ar para puxar canoas de madeira primitivas pelos rios. Essas embarcações eram longas e estreitas, o que as tornava difíceis de manusear, e sua armação era muito básica. No entanto, os egípcios descobriram que a força do vento poderia ser usada no lugar dos remos para realizar a mesma tarefa.

Por volta de 3.000 a.C., o conceito havia se disseminado amplamente na região, e o design dos veleiros havia se tornado mais sofisticado. A navegação interior ainda era a forma predominante de navegação nos tempos antigos, e as velas quadradas eram amplamente usadas em todo o mundo.

Veleiros Oceânicos Primitivos

Por volta do ano 2.000 a.C., os veleiros haviam aumentado de tamanho e funcionalidade. A humanidade desenvolveu a capacidade de navegar com sucesso usando a força do vento, e os designs dos barcos se tornaram mais robustos e eficazes. Durante esse período, a infraestrutura da rede de comércio oceânico foi desenvolvida em todo o Mediterrâneo. Desenhos da época retratam veleiros com velas e remos para propulsão auxiliar, indicando que a navegação interior era praticada relativamente com frequência. Os romanos criaram significativamente embarcações à vela equipadas com remadores e grupos de abordagem armados com espadas. As embarcações à vela romanas eram impulsionadas não apenas por velas, mas também por remos, embora a vela fosse o principal meio de propulsão ao percorrer maiores distâncias.

Vikings

Os vikings são famosos por sua inovação em embarcações oceânicas que eram robustas, navegáveis, tripuladas e equipadas com velas. Os vikings tinham um vasto império marítimo e se estabeleceram em muitos locais usando seus navios. Após esse período, o desenvolvimento de barcos a vela praticamente parou e não foi retomado até o século XV. À medida que as décadas passavam, essas embarcações continuariam a crescer em tamanho, velocidade e eficácia. Os navios altos construídos nos séculos XVII e XVIII estavam entre as melhores e mais competentes embarcações já construídas, e numerosos exemplares originais ainda são capazes de navegar nos dias de hoje.

Design de Barcos a Vela dos Séculos XIX e XX

Os séculos XIX e XX geralmente recebem crédito pelas contribuições mais significativas para o design de barcos a vela modernos. Durante esse período, arquitetos marítimos e construtores de barcos renomados, como Nathanael Greene Herreshoff, desenvolveram e aprimoraram projetos de barcos a vela para barcos de diversos tamanhos, desde pequenos até médios. No início do século XX, os barcos a vela para trabalho eram raros em comparação com o quão comuns eram no século anterior. Em vez disso, os barcos a vela eram amplamente usados para atividades de lazer, como exploração e recreação. Durante esse período, ainda havia alguma atividade de pesca local, mas a vela se tornou uma escolha de estilo de vida, em vez de uma necessidade.

Nesse período, a necessidade de espaço de trabalho aberto e porões de carga começou a diminuir significativamente, levando ao aumento da popularidade da cabine de barco a vela. O espaço na cabine dos primeiros barcos a vela era extremamente limitado, mal havia espaço para ficar em pé. Em vez disso, você só poderia esperar ter acesso a um pequeno fogão que queimava madeira ou carvão e a modestos beliches de lona que se dobravam na parede.

Conclusão

Os barcos são o tipo mais antigo de transporte, usados pelos seres humanos por milhares de anos e antecedendo qualquer outro meio de transporte. Ao longo da história, eles foram utilizados para diversas finalidades, incluindo o transporte de mercadorias e pessoas, a condução de combates, explorações, descobertas e conquistas. As embarcações e os navios à vela usados hoje são versões mais avançadas dos barcos usados nos tempos antigos. São mais confortáveis e apresentam comodidades modernas, embora o design e a operação fundamentais não tenham sido alterados. Os últimos 150 anos foram extremamente importantes no desenvolvimento de barcos e navegação ao longo da história.

Shop With MarineBroker!
Get Access To Handpicked Boat Accesories in our Shop

Mais notícias

Os Barcos São Prejudiciais para o Meio Ambiente?
Por que os barcos são tão caros?
Qual é a Principal Causa de Fatalidades Envolvendo Pequenas Embarcações?
Os barcos podem andar para trás?
Qual é o Melhor Local para Armazenar um Extintor de Incêndio em um Barco?
Como Amarrar um Barco a um Cais
Como Conduzir um Barco
Dominando o Aluguel de Barcos: Um Guia Abrangente sobre Como Alugar um Barco
Quem é obrigado a manter uma vigilância adequada ao navegar?
Quanto custa um barco de alta velocidade?

From Our Boat Database

Admiral Galileo 80
Jeanneau Sun Odyssey 380
Sanlorenzo SL88
Alumacraft Competitor FSX 185
Alloy Yachts Ad Lib
Amels Just B
3D Tender Dream 635
ARNO Leopard Moon Glider
Allures 51.9
Aquanaut Privilege 460 AC PH
Get FREE access to our boating newsletter
Enter your email below to get access
👇
We have the highest respect for your inbox and only send the best, helpful content.
Compartilhar